C'est super!

Posts Tagged ‘gastronomia francesa

O fim de ano na França e suas tradições trazem preocupações também para as francesas (apesar de termos a impressão de que elas são sempre magras)!

repas-de-fetes-de-fin-d-annee-photo-d-illustration-11060526xttyf_1713

Os jantares tradicionais contam com salmão, foie gras, ostras e champagne, entre (muitas) outras opções. A nutricionista Florence Foucault dá dicas para « desneurotizar » um pouco.

1) O salmão defumado

Tão criticado por possuir mais de 10% de gordura. No entanto, ele é também rico em omêga 3, o que protege o sistema cardiovascular. Além disso, também contem vitamina D, que ajuda na consolidação dos ossos. A dica da profissional é de escolher um salmão artesanal, defumado tradicionalmente, evitando assim os mais industrializados.

2) O foie gras

50% de puro lipídio! Porém, o polêmico e tradicional foie gras é rico em vitaminas B12 e B9. A nutricionista recomenda o foie gras de ganso, no lugar do de pato.

3) O champagne

Teor alcóolico de 12%, deve ser consumido com moderação. Em relação à dieta, a vantagem é que ele é uma das bebidas menos calóricas. Conselho bem conhecido: não esquecer de beber água também.

4) As ostras

Elas possuem grande quantidade de sódio, mas também são ricas em minerais e são poucos calóricas. Para manter suas qualidades nutricionais, prefira consumí-las cruas.

 

 

 

20_ducasse_chocolat

ALAIN DUCASSE

O cozinheiro de alta gastronomia é responsável pelo menu de 24 restaurantes no mundo, o que lhe rendeu o extraordinário número de 17 estrelas no célebre guia Michelin.

foto 1

 

Um clássico da cozinha francesa familiar.

A receita tradicional sugere rechear os tomates com carne moída e temperos, como ervas, cebola e alho.

 Muito popular no sul da França, essa receita possui diversas variações. Já vi tomate recheado com queijo, atum, champignon, presunto, abobrinha, entre outros. Ah, e aqui na Provença, já vi também a versão vegetariana: tomate recheado com quinoa.

É bonito esteticamente, fácil de preparar, saboroso e pode ser bem saudável.


wordpress hit counter
Follow C'est super! on WordPress.com
Follow C'est super! on WordPress.com